COVID-19
Informes Científicos CHEQUEADOS

América Latina Investiga

Artículos recientes publicados por colecciones de revistas científicas biomédicas de América Latina.
La información se presenta en castellano, portugués o inglés, según fuera publicada por los editores o registrada en las bases de datos.
La mayoría de los artículos enlaza con los textos completos y gratuitos de las revistas.
Los trabajos fueron provistos por sus editores o seleccionados por SIIC en recursos documentarios de la región: Scielo, Lilacs, BVS, WHO Iris, Lis, PAHO Iris, SIIC Data Bases y otros.

 

SPECIAL ARTICLE COVID-19: Covid-19-Related Acute Invasive Fungal Sinusitis: Clinical Features and Outcomes

Abdelsamie, Alaa Mohamed; Benha University. Otorhinolaryngology department. Faculty of Medicine. Benha. EG, Abdelazim, Hossam Mohamed; Benha University. Otorhinolaryngology department. Faculty of Medicine. Benha. EG, Leer más
Elnems, Mohamed Goda; Benha University. Otorhinolaryngology department. Faculty of Medicine. Benha. EG, Abdelhakam, Rehab Bassam; Benha University. Otorhinolaryngology department. Faculty of Medicine. Benha. EG, Abdelalim, Abdelrahman Ahmed; Benha University. Otorhinolaryngology department. Faculty of Medicine. Benha. EG



Fuente científica: Int. arch. otorhinolaryngol. (Impr.)

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Abstract Introduction There is a noticeable increase in the incidence of acute invasive fungal sinusitis which coincides with the ongoing coronavirus pandemic. It is a potentiallylethal fungal infection, with the most common form being the rhino-orbito-cerebral presentation. Objectives The aim of the present study is to discuss the different epidemiological factors, risk factors, clinical presentations and outcomes of acute invasive fungal sinusitis which is noticeably related to the coronavirus disease 2019 (Covid-19) pandemic. Methods The present cross-sectional cohort study included 22 adult patients who presented with Covid-19-related acute invasive fungal sinusitis. The diagnosis of acute invasive fungal sinusitis was confirmed by histopathological biopsy. All data, including demographics, risk factors, clinical findings, different lines of treatment and their outcomes, were recorded and analyzed. Results All patients had diabetes mellitus (100%), and 17 (77.3%) had been submitted to systemic steroids. All patients (100%) had unilateral sinonasal disease. Proptosis was found in 15 patients (68.2%), ophthalmoplegia was observed in 12 patients (54.5%), and intracranial affection occurred in 10 patients (45.5%). A total of 20 patients (90.9%) received liposomal amphotericin B. Surgical debridement was performed in 18 patients (45.5%). Non-septated mycelia was present in 19 biopsies (86.4%), while 3 (13.6%) showed septated mycelia. Total improvement was achieved in 10 patients (45.5%), while the mortality rate was of 27.3% (6 out of 22 participants). Conclusion Diabetes mellitus is the most common preexisting medical condition associated with Covid-19-related acute invasive fungal sinusitis. Systemic corticosteroid therapy is considered a predisposing factor. It is necessary to raise the level of awareness to diagnose this condition, especially in patients with Covid-19 infection or those who have recently recovered from it.

Palabras clave: Covid-19, Mucormycosis, Sinusitis


Science Gender Gap: Are We in theRight Path?

Oliveira, Gláucia Maria Moraes de; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. BR, Tenorio, Marge; Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência. Brasília. BR, Leer más
Siqueira, Alessandra de Sá Earp; Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência. Brasília. BR



Fuente científica: Int. j. cardiovasc. sci. (Impr.)

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Palabras clave: COVID-19, Cardiologists, Cardiovascular Disease, Ethics, Gender Identity, Pandemic, Women

Dia Mundial do Rim 2021 - vivendo bem com a doença renal: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças durante a COVID-19
World Kidney Day 2021 - living well with kidney disease: strengths, weaknesses, opportunities and threats during COVID-19

Santos, Reginaldo Passoni dos; Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Hospital Universitário. Departamento de Enfermagem. Cascavel. BR


Fuente científica: J. bras. nefrol

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Tuberculose em tempos de COVID-19: não podemos perder o foco no diagnóstico
Tuberculosis in times of COVID-19: we cannot lose focus on the diagnosis

Torres, Pedro Paulo Teixeira e Silva; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. BR, Rabahi, Marcelo Fouad; Universidade Federal de Goiás. Goiânia. BR


Fuente científica: Radiol. bras

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Impacto da Primeira Onda da Pandemia de COVID-19 na Cirurgia Cardiovascular no Brasil: Análise de um Centro Terciário de Referência
Impact of the First Wave of the COVID-19 Pandemic on Cardiovascular Surgery in Brazil: Analysis of a Tertiary Reference Center

Lisboa, Luiz Augusto; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Mejia, Omar Asdrúbal Vilca; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Leer más
Arita, Elisandra Trevisan; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Guerreiro, Gustavo Pampolha; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Silveira, Lucas Molinari Veloso da; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Brandão, Carlos Manuel de Almeida; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Dias, Ricardo Ribeiro; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Dallan, Luís Roberto Palma; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Miana, Leonardo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Caneo, Luiz F; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Jatene, Marcelo Biscegli; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Dallan, Luís Alberto Oliveira; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Jatene, Fabio Biscegli; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR



Fuente científica: Arq. bras. cardiol

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Palabras clave: Atenção Terciária à Saúde, COVID-19, COVID-19, Cardiopatias Congênitas/cirurgia, Cirurgia Torácica, Elective Surgical Procedures, Heart Defects Congenital /surgery, Hospitalization, Hospitalização, Mortalidade, Mortality, Pandemia, Pandemics, Procedimentos Cirúrgicos Eletivos, Tertiary Healthcare/trends, Thoracic Surgery

A campanha de vacinação contra o SARS-CoV-2 no Brasil e a invisibilidade das evidências científicas
The SARS-CoV-2 vaccination campaign in Brazil and the invisibility of science evidences

Maciel, Ethel; Universidade Federal do Espírito Santo. Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. Vitória. BR, Fernandez, Michelle; Universidade de Brasília. Instituto de Ciência Política. Brasília. BR, Leer más
Calife, Karina; Santa Casa de São Paulo. São Paulo. BR, Garrett, Denise; Sabin Vaccine Institute. Washington. US, Domingues, Carla; Consultora Independente. Brasília. BR, Kerr, Ligia; Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina. Departamento de Saúde Comunitária. Fortaleza. BR, Dalcolmo, Margareth; Fiocruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Rio de Janeiro. BR



Fuente científica: Ciênc. Saúde Colet

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Resumo O presente texto trata de refletir sobre a campanha de vacinação contra COVID-19 no Brasil à luz da consideração das evidências científicas no processo de tomada de decisão. O Brasil possui um dos maiores e mais completos programas de vacinação do mundo, o Programa Nacional de Imunizações (PNI). Infelizmente, no contexto atual, com as interferências políticas do governo federal, o PNI perdeu seu protagonismo na condução da campanha de vacinação contra a COVID-19. Apesar de ser uma campanha de vacinação com muito potencial e uma das mais aceitas pela população entre os países no mundo, apresentou muitos problemas e deixou diversas lacunas no cenário brasileiro. Nesse sentido, é fundamental que as evidências científicas de qualidade produzidas nesse período possam guiar uma remodelagem constante da estratégia de vacinação. Quatro pontos merecem ser destacados: 1) o intervalo entre as doses; 2) a intercambialidade entre vacinas; 3) a vacinação em adolescentes; e 4) a necessidade de melhores evidências para definir a estratégia de vacinação em certos grupos e faixas etárias.

Abstract This paper reflects on the vaccination campaign against COVID-19 in Brazil in light of the consideration of scientific evidence in the decision-making process. Brazil has one of the largest and most complete vaccination programs in the world, the National Immunization Program (Programa Nacional de Imunizações or PNI). Unfortunately, in the current context, with the political interference of the federal government, the PNI lost its role in conducting the vaccination campaign against COVID-19. Despite being a vaccination campaign with a lot of potential and one of the most accepted by the population among countries in the world, it presented many problems and left several gaps in the Brazilian scenario. In this sense, it is essential that the quality scientific evidence produced during this period can guide a constant remodeling of the vaccination strategy. Four points deserve to be highlighted: 1) the interval between doses; 2) the interchangeability between vaccines; 3) vaccination in children and adolescentes; and 4) the need for better evidence to define the vaccination strategy in certain groups and age groups.

Palabras clave: Brasil, Brazil, COVID-19, COVID-19, Campanha de vacinação, Vaccination campaign, Vaccine, Vacina

Impacto da pandemia do COVID-19 na vacinação de crianças de até um ano de idade: um estudo ecológico
Impact of the COVID-19 pandemic on the vaccination of children 12 months of age and under: an ecological study

Procianoy, Guilherme Silveira; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Saúde Coletiva. Porto Alegre. BR, Rossini Junior, Fabiano; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Saúde Coletiva. Porto Alegre. BR, Leer más
Lied, Anita Faccini; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Saúde Coletiva. Porto Alegre. BR, Jung, Luís Fernando Pagliaro Probst; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Saúde Coletiva. Porto Alegre. BR, Souza, Maria Cláudia Schardosim Cotta de; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Departamento de Saúde Coletiva. Porto Alegre. BR



Fuente científica: Ciênc. Saúde Colet

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Resumo O objetivo do estudo foi avaliar o impacto da pandemia de COVID-19 nos valores de vacinação para as imunizações voltadas a indivíduos com menos de um ano de vida no Brasil. Analisou-se os valores de cobertura vacinal, em território nacional, de dez vacinas presentes no calendário do Programa Nacional de Imunizações (PNI) durante os últimos oito anos (2013-2020). Esse é um estudo ecológico e todos os dados foram extraídos do PNI. Comparativamente aos anos prévios, em 2020 registrou-se o menor valor de cobertura vacinal da média do conjunto das vacinas estudadas, 75,07%, enquanto em 2019 esse mesmo índice ficou em 84,44%, resultando em uma queda de 11,10% entre esses dois períodos. Além disso, no ano da pandemia, das dez vacinas analisadas, nove registraram o seu menor valor histórico de cobertura, todas estando a no mínimo 14 pontos percentuais abaixo da meta do Ministério da Saúde. Embora já houvesse uma tendência de queda na cobertura vacinal, por diversos motivos, o presente estudo demonstra que os valores registrados em 2020 foram significativamente menores, fenômeno também registrado em outros países. Portanto, mesmo não conseguindo afirmar que a pandemia de COVID-19 e as medidas de distanciamento sejam as causas da queda dos valores de imunização, podemos inferir que há uma associação.

Abstract This study aimed to evaluate the impact of the COVID-19 pandemic on the vaccination numbers for immunization geared toward individuals under 12 months of age in Brazil. This study analyzed the numbers of the nationwide vaccination coverage of ten vaccines present in the calendar from the National Immunization Program (NIP) over the past eight years (2013-2020). This is an ecological study, and all data were taken from the NIP. In comparison to the previous years, 2020 recorded the lowest figures of vaccination coverage (VC) of the average of the group of studied vaccines - 79.07% - while in 2019, this same index was 84.44%, resulting in a drop of 11.10% between these two periods. Moreover, during the year of the pandemic, of the ten analyzed vaccines, nine recorded their lowest historical VC figures, all of which were at least 14 percentage points below the goals set by the Brazilian Ministry of Health (MS, in Portuguese). Although there had already been a tendency toward a decline in VC, for various reasons, the present study illustrates that the numbers recorded in 2020 were significantly lower, a phenomenon also reported in other countries. Therefore, although it is impossible to affirm that the COVID-19 pandemic and its distancing measures are the causes for the drop in the immunization numbers, it can be inferred that there is indeed an association.

Palabras clave: Cobertura vacinal, Distanciamento físico, Immunization programs, Physical distancing, Programas de imunização, Vaccination coverage

Impacto da Primeira Onda da Pandemia de COVID-19 na Cirurgia Cardiovascular no Brasil: Análise de um Centro Terciário de Referência
Impact of the First Wave of the COVID-19 Pandemic on Cardiovascular Surgery in Brazil: Analysis of a Tertiary Reference Center

Lisboa, Luiz Augusto; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Mejia, Omar Asdrúbal Vilca; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Leer más
Arita, Elisandra Trevisan; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Guerreiro, Gustavo Pampolha; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Silveira, Lucas Molinari Veloso da; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Brandão, Carlos Manuel de Almeida; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Dias, Ricardo Ribeiro; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Dallan, Luís Roberto Palma; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Miana, Leonardo; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Caneo, Luiz F; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Jatene, Marcelo Biscegli; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Dallan, Luís Alberto Oliveira; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR, Jatene, Fabio Biscegli; Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto do Coração. São Paulo. BR



Fuente científica: Arq. bras. cardiol

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Palabras clave: Atenção Terciária à Saúde, COVID-19, COVID-19, Cardiopatias Congênitas/cirurgia, Cirurgia Torácica, Elective Surgical Procedures, Heart Defects Congenital /surgery, Hospitalization, Hospitalização, Mortalidade, Mortality, Pandemia, Pandemics, Procedimentos Cirúrgicos Eletivos, Tertiary Healthcare/trends, Thoracic Surgery

A campanha de vacinação contra o SARS-CoV-2 no Brasil e a invisibilidade das evidências científicas
The SARS-CoV-2 vaccination campaign in Brazil and the invisibility of science evidences

Maciel, Ethel; Universidade Federal do Espírito Santo. Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. Vitória. BR, Fernandez, Michelle; Universidade de Brasília. Instituto de Ciência Política. Brasília. BR, Leer más
Calife, Karina; Santa Casa de São Paulo. São Paulo. BR, Garrett, Denise; Sabin Vaccine Institute. Washington. US, Domingues, Carla; Consultora Independente. Brasília. BR, Kerr, Ligia; Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina. Departamento de Saúde Comunitária. Fortaleza. BR, Dalcolmo, Margareth; Fiocruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Rio de Janeiro. BR



Fuente científica: Ciênc. Saúde Colet

Fecha de actualización: 6 Abril, 2022

Resumo O presente texto trata de refletir sobre a campanha de vacinação contra COVID-19 no Brasil à luz da consideração das evidências científicas no processo de tomada de decisão. O Brasil possui um dos maiores e mais completos programas de vacinação do mundo, o Programa Nacional de Imunizações (PNI). Infelizmente, no contexto atual, com as interferências políticas do governo federal, o PNI perdeu seu protagonismo na condução da campanha de vacinação contra a COVID-19. Apesar de ser uma campanha de vacinação com muito potencial e uma das mais aceitas pela população entre os países no mundo, apresentou muitos problemas e deixou diversas lacunas no cenário brasileiro. Nesse sentido, é fundamental que as evidências científicas de qualidade produzidas nesse período possam guiar uma remodelagem constante da estratégia de vacinação. Quatro pontos merecem ser destacados: 1) o intervalo entre as doses; 2) a intercambialidade entre vacinas; 3) a vacinação em adolescentes; e 4) a necessidade de melhores evidências para definir a estratégia de vacinação em certos grupos e faixas etárias.

Abstract This paper reflects on the vaccination campaign against COVID-19 in Brazil in light of the consideration of scientific evidence in the decision-making process. Brazil has one of the largest and most complete vaccination programs in the world, the National Immunization Program (Programa Nacional de Imunizações or PNI). Unfortunately, in the current context, with the political interference of the federal government, the PNI lost its role in conducting the vaccination campaign against COVID-19. Despite being a vaccination campaign with a lot of potential and one of the most accepted by the population among countries in the world, it presented many problems and left several gaps in the Brazilian scenario. In this sense, it is essential that the quality scientific evidence produced during this period can guide a constant remodeling of the vaccination strategy. Four points deserve to be highlighted: 1) the interval between doses; 2) the interchangeability between vaccines; 3) vaccination in children and adolescentes; and 4) the need for better evidence to define the vaccination strategy in certain groups and age groups.

Palabras clave: Brasil, Brazil, COVID-19, COVID-19, Campanha de vacinação, Vaccination campaign, Vaccine, Vacina