Conceptos Categóricos

Red Científica Iberoamericana

DESEMPENHO MOTOR ENTRE IDOSOS RESIDENTES EM ÁREAS RURAIS NA (ADULTOS MAYORES RESIDENTES EN ÁREAS RURALES EN LA) REGIÃO NORDESTE BRASILEIRA

Saulo Vasconcelos Rocha1,Sabrina Correia de Oliveira2,Agda Silva Brito3 y Gabriela Soares Pereira4
1Doutor en Educacion Fisica, Professor Doutor en Educacion Fisica, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Jequie, Brasil
2Estudante, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
3Estudante, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
4Estudante, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Jequie, Brasil (SIIC)

O envelhecimento (El envejecimiento) está intimamente associado à redução da massa, força (a la reducción de la masa, fuerza), potência e resistência muscular, fatores diretamente relacionados à maior prevalência (a la mayor prevalencia) de incapacidade e dependência funcional entre idosos (entre los ancianos).

A Organização Pan-Americana de Saúde-OPAS¹ define o envelhecimento (define el envejecimiento) como um processo, acumulativo, irreversível e não patológico, de deterioração de um (y no patológico, de deterioro de un) organismo vivo.2 Com o aumento da longevidade, o contingente de idosos vem crescendo (Con el aumento de la longevidad, el número de ancianos se halla em aumento) consideravelmente nos países desenvolvidos e em desenvolvimento (desarollados y en vías de desarrollo).3 No Brasil, o aumento da população idosa segue a tendência de crescimento mundial, passando de 5.9% em 2000 para 7.4% em 2010.4,5 O envelhecimento está diretamente relacionado à maior prevalência de incapacidade e (mayor prevalencia de la discapacidad y) dependência funcional.6 A redução da massa muscular ao longo dos anos reflete na diminuição dos níveis de força (a lo largo de los años se refleja en la reducción de los niveles de fuerza), potência e resistência muscular, mesmo em idosos saudáveis (incluso en ancianos sanos).7 Esse declínio associa-se a diversos fatores como doenças degenerativas (Esta disminución se asocia con varios factores tales como enfermedades degenerativas), estilo de vida e combinação desses fatores que podem afetar sensivelmente a qualidade de vida do idoso, dificultando ou impossibilitando a execução (dificultando o imposibilitando la ejecución) de atividades de vida diária.8 Os testes (Las pruebas) de desempenho motor (TDM) são utilizados para mensuração da capacidade do (medición de la capacidad del) indivíduo em executar as atividades diárias.9 Favorecem o conhecimento acerca dos estágios progressivos da função (de las etapas progresivas de la función) física, detectam os declínios físicos, o grau de comprometimento (el grado de compromiso) motor e consequente dependência funcional, na população idosa.10,11 Estes testes são de fácil aplicação, podem fornecer (pueden brindar) valores referenciais capazes de determinar os níveis de desempenho motor para diferentes tarefas funcionais do idoso.9,12,13

Recomenda-se que os TDM avaliem (Se recomienda que los TDM evalúen) predominantemente, as atividades da vida diária tais como de locomoção, pois tais atividades são realizadas com maior frequência numa rotina (como la movilidad, ya que tales actividades se realizan con mayor frecuencia en una rutina) de atividades cotidianas da pessoa idosa, e são as de maior (y constituyen las de mayor) dificuldade de desempenho.14,15 Os testes de “levantar da cadeira (las pruebas de levantarse de la silla) de 30 segundos”, a “marcha estacionária de 2 minutos” e o teste de “levantar e caminhar” aparecem com maior frequência na literatura.9,14,16 Apesar do crescente número de estudos sobre declínio funcional e envelhecimento, poucos foram direcionados para avaliação de idosos residentes em áreas rurais (pocos fueron dirigidos a la evaluación de los ancianos residentes en áreas rurales). A heterogeneidade do processo de envelhecimento atrelada às particularidades dos percursos (vinculada a las particularidades de los recorridos) de vida cotidiana no meio rural pode interferir diretamente no desempenho motor dos indivíduos. Neste sentido o presente estudo teve como objetivo avaliar o TDM em idosos que vivem no meio rural e explorar as associações entre TDM, idade e sexo.

Estudo de corte-transversal,* realizado no distrito de Itajurú, zona rural do município de Jequié-BA. O município de Jequié fica localizado na região (se encuentra ubicado en la región) sudoeste do estado baiano, com população estimada de 151.895 habitantes. A amostra de estudo foi composta (La muestra del estudio consistió) por 102 indivíduos com idade igual ou superior a sessenta anos de ambos os sexos, residentes no distrito de Itajurú e estavam cadastrados na (e estaban registrados en la) Unidade de Saúde da Família que cobre a (que abarca la) zona rural do município. Foram excluídos todos os indivíduos com diagnóstico de demência ou qualquer outro tipo de alteração cognitiva, diagnóstico ou relato de surdez, dificuldade de ficarem em pé, usuários de cadeira (diagnóstico o informe de sordera, dificultad para permanecer en pie, usuarios de silla) de rodas, amputação de membro superior direito (MSD) ou de membros inferiores (MMII), sequela de acidente vascular encefálico (AVE) em MSD, presença de sintomas dolorosos, edema ou histórico de cirurgia recente em MSD ou MMII, paralisia em qualquer extremidade (parálisis en cualquier miembro), usuários de prótese na perna, incapacidade de manter o equilíbrio e pressão arterial (PA) acima (mantener el equilibrio y tensión arterial por encima de) de 150/80 mm Hg na avaliação da PA no dia da realização da bateria de testes (en el día de realización del conjunto de pruebas). A população final do estudo compreendeu 95 idosos (55 mulheres e 40 homens).

Os dados foram coletados por meio (Los datos fueron recolectados a través) de questionário para levantamento de informações sociodemográficas respondido pelo participante em seu (respondido por el participante en su) próprio domicílio, seguido de avaliação do desempenho motor. A avaliação do TDM foi realizada através dos testes de levantar da cadeira em 30 segundos, cujo objetivo é avaliar a força dos membros inferiores e consiste em executar o movimento de levantar e sentar da cadeira (cuyo objetivo es evaluar la fuerza de los miembros inferiores y consiste en ejecutar el movimiento de levantarse de la silla y sentarse) em 30 segundos, o máximo de vezes possível, sem ajuda das mãos (sin ayuda de las manos); para a velocidade, agilidade e equilíbrio dinâmico, foi utilizado o teste de levantar e caminhar, que consiste realizar a tarefa de levantar da cadeira o mais (la tarea de levantarse de la silla lo más) rápido possível, caminhar 2.44 metros e sentar na cadeira. O teste da marcha estacionária foi utilizado para avaliar a resistência muscular, que consiste no indivíduo realizar o maior número de passos em posição estática no tempo (pasos en posición estática, en un tiempo) de 120 segundos.

Entre os entrevistados, foi identificado um maior percentual de mulheres (57.9%) na faixa etária (en el grupo etario) entre 60 e 79 anos (75.8%) e que vivem com companheiro (47.4%). Em relação à educação, 65.3% nunca haviam frequentado a escola (nunca habían asistido a la escuela). Os resultados indicaram que 98.9% dos idosos residiam há mais de 5 anos na zona rural.

No teste de levantar da cadeira de 30 segundos os participantes realizaram uma média de 10.02 movimentos completos (DP = 3.66). No teste de marcha estacionária de 2 minutos os participantes obtiveram uma média de 85.7 passos, caracterizados pela elevação do joelho alternando as pernas (por la elevación de la rodilla alternando las piernas). No teste de levantar e caminhar, os idosos finalizaram o teste num tempo médio de 11.6 segundos.

Os participantes do sexo masculino obtiveram média superior quando comparado às (obtuvieron un promedio superior en comparación con las) participantes do sexo feminino e estas diferenças foram estatisticamente significativas tanto no teste de marcha estacionária (p = 0.013), quanto no teste de levantar da cadeira de 30 segundos (p = 0.001). Contudo, no teste de levantar e caminhar 2.44 metros, as mulheres apresentaram média superior à dos homens, realizando o teste com uma média de tempo de 12.96 segundos e estas diferenças foram estatisticamente significativas (p = 0.018). Quando comparados os grupos em função da idade (Al comparar los grupos según la edad), apenas no teste de levantar e caminhar 2.44 metros, foi observado uma diferença estatisticamente significativa, com um melhor desempenho entre os idosos com idade (con un mejor desempeño entre los ancianos con edad) compreendida entre os 60 e 79 anos.

Esse estudo teve com o objetivo de avaliar o TDM em idosos que vivem no meio rural e explorar as associações entre TDM, idade e sexo. A população investigada caracterizou-se pelos baixos níveis de escolaridade (se caracterizó por los bajos niveles de escolaridad). Estimativas apontaram um percentual de 48.4% de analfabetos entre idosos da zona rural do Brasil no ano de 2010.24 O fato de residirem na (El hecho de que residen en la) região nordeste do país favorece este estatuto, uma vez que a literatura sinaliza para índices de escolaridades mais baixos nessa região,25 apesar dos avanços alcançados nos últimos anos (este estatuto, una vez que la literatura señala índices de escolaridad más bajos en esa región, a pesar de los avances alcanzados en los últimos años).

A escolaridade é um aspecto importante, pois mantém íntima relação tanto com melhores (ya que mantiene íntima relación tanto con mejores) perspectivas econômicas e melhor nutrição, quanto com a saúde em geral.26 Além disso, o maior número de anos (Además, el mayor número de años) de escolaridade contribui significativamente com a reserva cerebral, aumento do número de neurônios e (aumento del número de neuronas y) densidade sináptica, tendo grande importância no nível de funcionamento cognitivo e para o desempenho da função motora.27,28

Ao analisar os escores nos testes (Mediante el análisis de los resultados de las pruebas) de desempenho motor, identificou-se que no teste de levantar e caminhar 2.44 metros a população investigada apresentou desempenho superior aos encontrados em outras populações tanto no Brasil,29,30 quanto em Portugal.31 O desempenho no teste de marcha estacionária, que avalia a (que evalúa la) capacidade cardiorrespiratória também foi superior ao encontrado no estudo de Pedrosa e Holanda 32 realizado com participantes idosas diagnosticadas com hipertensão e inseridas num programa de cuidados de saúde (insertadas en un programa de atención médica) específicos para esta população.32

A diminuição da velocidade da marcha está diretamente relacionada com a diminuição de força e potência muscular de membros inferiores em idosos e consequentemente limitações e declínio funcionale a uma maior incidência de quedas (y, por consiguiente, limitaciones y decadencia funcional y una mayor incidencia de caídas) em idosos.34,35 Neste sentido, a proficiência da marcha nestas populações exerce um efeito protetor para acidentes domésticos e uma maior autonomia no ambiente no qual este idoso está envolvido (y una mayor autonomía en el ambiente en el que este anciano está inserto) e realiza suas atividades do dia-a-dia.

Todavia, há que se ter em conta que a (Sin embargo, hay que tener en cuenta que la) marcha estacionária, não reproduz uma situação real de deambulação, mas serve de indicativo para avaliar este critério.

Os baixos escores no (Las bajas puntuaciones en el) teste de sentar e levantar de 30 segundos encontrados na população estudada, pode ser justificado pelo maior grau de dificuldade na execução do teste por indivíduos pouco ativos (por el mayor grado de dificultad en la ejecución de la prueba por individuos poco activos),33 como é o caso dos idosos do estudo. Além disso, o gesto específico de levantar da cadeira exige um grau de força específico dos membros superiores, que é pouco reproduzido nas tarefas (que se realiza poco en las tareas) diárias. Um estudo realizado no Brasil com mulheres idosas,36 demonstrou que no teste de levantar da cadeira de 30 segundos as idosas apresentaram uma média de 9 ± 3.7 repetições.

As mulheres obtiveram desempenho inferior ao dos homens tanto no teste marcha estacionária quanto no teste de levantar da cadeira de 30 segundos, obtendo melhor desempenho apenas no teste de levantar e caminhar. O melhor desempenho no teste de sentar e levantar da cadeira são semelhantes aos (son similares a los) resultados encontrados em estudo com idosos residentes em um município do nordeste brasileiro. Em outra direção, o melhor desempenho dos homens nos testes motores estão condizentes com estudo conduzido no (están en concordancia con el estudio llevado a cabo en el) município brasileiro do estado de São Paulo, onde os homens tiveram melhor desempenho que as mulheres nos testes de força e resistência muscular de membros inferiores avaliados por tempo, sugerindo uma maior limitação (lo que sugiere una mayor limitación) física das mulheres estudadas.37

A mobilidade precária e a diminuição na capacidade aeróbia são preditoras (La escasa movilidad y la disminución de la capacidad aeróbica son predictivos) de morbimortalidade em pessoas maiores de 65 anos. Indivíduos com alterações da mobilidade têm um risco maior de morte e (poseen un mayor riesgo de muerte y) dependência do que aqueles que mantêm a mobilidade preservada.15 Do mesmo modo, baixos níveis de aptidão (Del mismo modo, los bajos niveles de aptitud) cardiorrespiratória têm sido associados ao risco de morbimortalidade por doenças crônico-degenerativas, entre elas, doença arterial coronariana, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e alguns tipos de câncer.38

Na maioria dos testes avaliados não foram observadas diferenças no desempenho nos testes quando comparados os idosos jovens e os longevos, exceto no (cuando se compararon los mayores y los muy mayores, excepto en el) teste de levantar e caminhar. Tendo em vista que os idosos mais velhos estão mais sujeitos a alterações de desempenho e aumentam a susceptibilidade para doença osteoarticulares devido a alterações fisiológicas do próprio envelhecimento,39 estes alcançaram médias inferiores aos idosos mais jovens, uma vez que o teste de levantar e caminhar é sensível no rastreamento do risco de quedas (es sensible en el rastreo del riesgo de caídas).11

Entre as limitações deste estudo, pode-se apontar o próprio delineamento de pesquisa: o fato de este ser um estudo (se puede apuntar el propio diseño de la investigación: el hecho de que este sea un estudio) transversal impede o estabelecimento de relações implícitas de causalidade entre as variáveis estudadas. Contudo, o estudo avaliou um (evaluó un) número considerável de idosos residente em uma área pouco investigada.

O desempenho motor dos avaliados nos testes utilizados, em geral, foi considerado satisfatório. Identificou-se um melhor desempenho dos homens em todos os testes. Com relação à diferença entre faixa etária, observou-se uma diferença estatisticamente significativa apenas para o teste de levantar e caminhar. Nesse sentido,os resultados do estudo poderão servir como informações para o planejamento de ações direcionadas as reais necessidades da (la planificación de acciones dirigidas a las necesidades reales de la) população idosa residente em áreas rurais.




ua51717